Percepção

 

Hoje de manhã eu caminhava pela calçada em direção ao metrô, de passagem pela porta de uma casa, vi 3 capas de CDs jogadas, flash de segundo, suficiente para ler o Rita Lee e Cat Stevens.
Continuei andando rápido enquanto congelei por dentro. Fotografei só com o olhar.

Como sempre, racionalizei… lembrei que ontem à noite lia sobre emoção e sentimento. Emoções são programas de ação coordenados pelo cérebro, que gerenciam alterações em todo o corpo. Emoções são automáticas, não controladas conscientemente.

O sentimento é a percepção consciente e parcial das emoções.

As estruturas do cérebro que medeiam emoções não são as mesmas dos sentimentos, mas num flash de segundo enquanto olhava as capas dos CDs, meu coração disparou ou quase parou, minha mão suou, engoli seco.

Conscientemente puxei o telefone do bolso e busquei “moonshadow” na minha playlist, segui a caminhada até o metrô emocionada e sentida… Consegui andar pra frente e voltar ao passado, ao mesmo tempo… Escolha consciente e parcial de sentir essa saudade que deu agora de discutir mutantes e dançar no meio da sala.

Pegadinhas que a vida prega na minha razão pra jogar na minha cara que nem tudo está sob controle porque não é e nem precisa estar.

Anúncios

Quando em 2019

Cuide dos teus olhos você que vê
Aprecie a beleza da vida, você que enxerga!
Admire, observe, contemple.

Sente cada gostinho na ponta da tua língua
Degusta
Devora o mundo.

Escuta aqui
Ouve as mais lindas melodias
As que fazem vibrar
Deixa o seu corpo pulsar

Fareja teu caminho de perfumes
Costura a estrada com as memórias dos melhores cheiros
Inspira ares que chegam para fazer tudo se mover

Inspira – É de você pro mundo
Expira – É o que existe dentro de você
Respira – Segue vivendo

Segura o que estiver ao alcance das tuas mãos
O que você quiser sentir na sua pele
Acaricia, desenha, escreve, texturiza
Sente!

Conjuga
Mistura
Acrescente

Sinta com todos os sentidos
Construa sentidos
Descubra novas maneiras de sentir

Em 2019, faz sentido sentir.

Ando tão à FLOR da pele…

Ando tão à flor da pele… Tão a flor da pele… Que a pele se mistura com o nome da flor…
E ando tão á flor da pele que a pele só quer poder sentir logo a flor, sentir, tocar, sentir…
Ando tão á flor da pele, que em nada mais consigo pensar além da flor.
A pele, a flor, a flor e a pele. Ando á flor da pele, porque até agora a pele e a flor são apenas um, ligadas por carne, sangue e pensamento. A pele e a flor que sentem um só cheiro e um só sabor, mas que logo serão mais de um…

Logo a pele sentirá saudade do pontapé da flor e a flor caminhará com seus próprios pezinhos por aí.  E assim a pele, a carne e alma serão separadas em dois corpos, mas o coração baterá sempre como um só.  Flor que sairá de dentro de mim, nunca sairá do meu coração, por mais que eu ainda não ande á flor da pele, andarei sempre de mãos dadas a minha flor, pois uma vez sentido você, jamais conseguirei viver sem pensar em você. Minha flor, pedaço da minha pele, pedaço de mim… Flor que logo andará, sorrirá e brilhará fora de mim. A flor que vem pra fazer o sol brilhar mais e os espinhos doerem menos. FLOR, minha flor             …

Eu tenho andado sim à flor da pele e a força desta ligação é tão grande que minha flor deixará em mim marcas indeléveis mesmo depois que da minha pele se separar.  Ainda que nos dividam em duas, sendo minha flor um dia minha pele, nunca mais viverei pelo mundo sem conseguir sentir o cheiro da minha flor.

                        Imagem