É preciso fluir

dsc_0046
Acordei como quem nada dormiu, mas em meio a processos neurológicos lentos consegui assimilar que, de fato, as horas empregadas no descanso não foram muitas.
Milhares de fantasmas me sondaram noite passada, eles me sussurravam aos ouvidos palavras que eu ansiei responder aos gritos e por contê-los tenho agora uma crise aguda de gastrite.
As dores físicas que eu sinto agora são meros reflexos do meu estado atual psicológico, minha musculatura contraída ao ponto de me diminuir dentre tanta chateação.
Eu tenho enfermos os nós da garganta que engoli a seco no momento em que me segurei para não desmoronar uma avalanche de ódio diante de você.
Eu contive cada uma das minhas tensões para manter no seu rosto o sorriso cínico e agora carrego, literalmente nas costas, o peso de cada lágrima triste que eu não quis derramar.
Não me adianta em nada a medicina formal que quer tratar um corpo que parece estar sem alma. Preciso dar vida nova aos meus sentimentos. Preciso que eles saibam que eu sei que sinto, preciso dizer pra mim mesma agora, amanhã e cada dia mais, que eu não sou obrigada a me anular pra evitar conflitos, pois os meus próprios conflitos não se anulam em mim.
Não posso me tornar escrava acorrentada do mal que eu me faço, cada vez que penso que evito maldar a vida de quem muito mal me faz.
Energia… Energia…

Acredite… Somos corpos enérgicos mas não aguentamos sobrecargas. Às vezes os choques são inevitáveis e até necessários.
Como um fio condutor, estamos levando e trazendo por nossos corpos, nossas mentes, nossas almas, uma grande quantidade de energia. É necessário saber até onde conseguimos transmitir sem sobrecarregar-nos. Desligue, desconecte, descarregue, choque, -entre em choque-, mas não espere a explosão.
Grite, liberte, fale, escreva, toque o chão, medite, descubra o seu equilíbrio, mas alivie as dores da alma, antes que elas afetem o seu corpo.
Durma bem.

Coma bem.

Faça o bem, mas faça-se bem.

Antes de permitir, se permita.

Cuidar de si não é egoísmo, e sim a maior prova de amor ao mundo.
Eu sou a pessoa que eu quero ver no outro?

Se sim… Parabéns!

Nós vamos seguir a diante sendo cada dia melhores.

Anúncios

109 anos ou mais

216261_147023588698897_6441374_n

Tive a honra de nascer dotada desse espírito
Que comunga das alegrias e das tristezas do mundo
E se emociona com a energia que vem das pessoas
E encontra em tudo e todos o lado bom.

Eu tive a sorte de enxergar sorriso no meio da noite
E de brindar com a beleza que emana da vida.

Eu aprendi a dançar na chuva
E a cantar pra Lua
Eu aprendi a falar com as ruas
Que andam por mim como ando por elas.

Eu vejo as cores
Em cada dia e vejo ainda mais dias dentro de um só.
Não me aceito dentro dos meus 24 anos
Sendo em mim mais do que eu sou.

Eu tenho em mim
109 anos de histórias que não são minhas
Eu tive a sorte de sorrir até aqui
E esse anos não me pesam os ombros, mas me elevam os pés.

Flutuo entre universos que não pertenço
Mas como boa penetra, me sento à mesa, provo um drink e faço amigos
E se a vida for uma contagem regressiva
Eu tô pulando sobre os ponteiros.

Eu gasto o tempo que me gasta
E ainda não tem fim,
Nem meu tempo e nem esse texto
Porque são 109 anos ou mais que estão começando todos os dias.