Como no Cabo


O dia era parecido com o de hoje.

17ºC só que sem chuva.

Depois de duas noites, o choque de temperatura já parecia mais agradável.

Foram uns 4km de caminhada descalça na areia, eu tinha deixado o chinelo no início da praia, só deixei e continuei andando.

Subi uma duna de areia, no meio de muitas, era um grande plano de silêncio, quebrado apenas pelo som do vento e do mar.

Deu uma vontade absurda de dançar, dancei, colocando o lenço que cobria as minhas costas contra o vento.

Lembro de lá de cima olhar o mar, as nuvens, um monte de areia e algumas dúzias de casinhas ao redor do farol.

Parecia que tudo andava devagar, não havia motivo para pressa era só estar lá. Um Cabo onde tudo se desconecta pra poder se reconectar com o mais importante.

Que bom que estive para sentir e que bom que sinto para poder estar.

🙃

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s