Feliz dia do amigo

FullSizeRender
A gente se fala pouco, mas nunca se fala por falar e eu acho que agora são umas 3h da manhã aqui, eu pensei que poderia falar com você, mas de um jeito diferente.
Sentar e dedicar meu tempo, escrever umas palavras para você, sem me importar se você vai visualizar e responder imediatamente. Eu apenas me lembrei de você e pensei em um modo de dedicar minhas palavras de maneira mais profunda. Parar e pensar.

Sinto saudade das nossas conversas, dos nossos abraços. Sinto saudade de rir de qualquer coisa com você. Algumas horas eu penso que sinto saudade de ser feliz e de não saber mais onde encontrar isso que me deixa bem de verdade.

Tudo vai se perdendo com o tempo e muitas coisas não tem mais volta, mesmo que a gente volte nos mesmos lugares, pras mesmas pessoas, nada mais é igual. A gente não é mais o mesmo. Tudo fica novo de novo o tempo todo e a saudade é a velha de sempre, só a saudade é eternamente a mesma.

A gente só pode sorrir. Rir do que fez, do que falou, do que pensou e de pensar de novo e diferente agora, mas rir… Sinto falta de rir mais com você, relembrando aquele nosso bom e velho tempo. Aquele lá que já foi.

Mas engraçado… Você também me faz ter esperança de que o que há de vir ainda será bom, que nem tudo se perdeu, mas que o essencial ainda está por aí… Está por aqui também.

Muitas coisas ainda virão, assim como muitas já se foram, mas tenho certeza de que algumas serão atemporais. São essas as que no conduzem no tempo, como uma linha que fica a beira de um caminho desconhecido para que a gente não se perca por completo.

Quando eu acho que vou longe demais, eu procuro a minha linha, para não me perder, para não me esquecer de quem eu sou ou fui e para compreender para onde eu devo ou quero ir.

Só queria dizer que esteja onde estiver, eu vou estar por aqui. Nas palavras, nos abraços, sorrisos, memórias e ao teu lado.

Eu te amo meu amigo.

Anúncios

Abstenção


Não podemos escolher nos preocupar com tudo nessa vida
Não há tanto tempo assim
Há muitas causas, muitos problemas, muitas discussões, muitas políticas.

Há muito e não temos tanto.
Nem tanto tempo, nem tanto conhecimento, nem tanto interesse
Eleger as prioridades e depois reelegê-las quando necessário for, visto que por vezes nossas escolhas iram conflitar entre si

Perceberemos por nós mesmos ou pelas observações do outros.
Outros esses, que nunca vão se contentar em preocupar-se com suas próprias escolhas, irão julgar as escolhas alheias, por falta de coragem de eleger as suas, ou por simplesmente nada. Por serem assim.

Não pense em pensar tudo numa só vida
Alguém, alguns, algumas coisas
Algo ficará pra depois, ou pra lá, ou pra nunca.

Chame do que quiser
Liberdade de escolha, privação de sentido, egoísmo.
Danem-se os títulos!

Viver também é escolher deixar de escolher
Selecionar a opção vazia
Abster-se.