Leilas


Depois de 24 anos tenho esbarrado com elas aos montes.
De todos os lugares e todos os sobrenomes. São todas Leilas
Todas noites, todas são elas, de artigo definido “a” antecedendo.

Estão por todas as partes, decidiram invadir a minha vida.
São todas elas Leilas, mas nenhuma delas é como eu
E eu não sou como nenhuma delas.

Pois eu sou o que sou
E elas também são
Tão Leilas como eu e tão Leilas como elas
Na sua singularidade plural
Somos todos únicas no que somos até quando nos repetem os nomes.

Não repetem nossas vidas,
Tampouco nossas histórias.
São Leilas elas como sou Leila eu,
Mas não são Leilas elas fruto do que apenas uma viveu

Todas as histórias se chamam histórias, mas elas nunca são iguais.
Escreve cada um a sua
E deixe solta no mundo
A margem de interpretação de um qualquer.

Não importa quantas sejam elas
Importa quantas sou eu.

2014-12-12

Anúncios

Um comentário sobre “Leilas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s