Luz do sol


IMG_1063.JPG

No sábado choveu e eu não pude aproveitar a luz do sol e nem caminhar na rua. Foi um dia cinza e feio. Depois de todo dia chega a noite e nenhuma noite é iluminada e disso eu sempre soube.

Toda noite é escura! É a natureza.

Sendo a noite negra, todo sorriso que nela brilha é razão de beleza, e naquele sábado cinza e chuvoso, a noite foi difícil e bonita, como se me devolvessem no meio da madrugada o raio de sol que me roubaram de dia e em meio a tanta sombra eu vi luz.

OBRIGADA!

Minha primeira palavra do amanhecer seguinte, um obrigada ilustrado com foto de sorrisos e um obrigada de quem viu o sol da madrugada de sábado se estender pelos dias que seguiram.

Você que devolveu meu sol não foi embora para sempre, estará sempre por perto, mesmo que na memória ou na eterna gratidão de nossos corações.

Leve sempre com você o calor desses dias tão ensolarados e um pedaço, ainda que pequeno, do imenso bem que fez. Ilustre na sua memória sempre com um sorriso a lembrança de noites escuras que podem se transformar em dias de luz plena!

A vida é um caminho muitas vezes sem voltas, sem retornos, caminhamos e seguimos em frente, mas nossas trajetórias deixam lembranças, levam e trazem coisas, pessoas, aprendizados e lições, muitas lições. Aprendemos com cada uma delas como prosseguir.

Que por mais tortuosos que sejam os caminhos… Que haja luz… Que haja sol…

PS: escrito em novembro/2013 e reescrito agora!

Anúncios

4 comentários sobre “Luz do sol

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s