Experienciar


Imagem

E mais uma dose desce lenta e dolorosamente garganta abaixo.

É tanta ânsia de deixar de fazer o que não é da vontade, que o corpo não mais responde.
E é tanta tradição, erudição, beleza, costume, apego, tabu, preconceito, futilidade enraizada na alma que me perco entre certo por conveniência ou fazer o errado pra ser feliz.

É tanto dom de dizer a mentira como se ela fosse verdade, e acreditar no que disseram aos que me dizem sem saber se provaram que é verdade. É tanto lixo que entala e empurram e que tentam fazer descer.

E é tanto desejo…
É vontade, paixão, verdade, curiosidade e desejo de novo, pois sem vontade não há experimentação e sem experimentar não tem sabor. E se o sabor não for bom, há de se dizer que a alegria foi boa enquanto durou, pois convenhamos, o processo de derrubar paradigmas, viver a adrenalina de si dizer o controverso é bastante palatável.

É impossível sair incólume de qualquer briga, mesmo que ela seja contra si, mas é mais impossível ficar brigando consigo para o resto da existência sem se dar ao desfrute te sentir na pele, no coração e na alma a alegria de fazer o que se acredita.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s