Para Lis

É tão difícil explicar o emaranhado de sentimentos que eu tenho agora. Sinto-me alegre, preocupada, responsável, boba, insegura, apreensiva… Eu vou ser mãe! É como se do dia para a noite a minha vida mudasse totalmente de sentido! Se antes eu fazia planos para mim ou até mesmo se eu não me encontrava, eu agora tenho um sentido para tudo. Eu estou trazendo uma nova vida para o mundo, um ser que está se desenvolvendo dentro de mim, que desde muito pequeninho já tinha um coração e um ser que desde o primeiro dia em que eu soube que existia, já era amado.
A minha filhinha vai nascer!
Não consigo não sorrir e chorar ao falar com você enquanto acaricio a minha barriga que está crescendo todos os dias, me emocionar ao sentir seus chutes e pensar em como será o seu rostinho, seu cheiro, seus traços…
O meu mundo mudou, está mais cor-de-rosa… Obrigada filha por me fazer mãe e por me fazer sentir um amor que eu não imaginava que pudesse existir. Obrigada por me mostrar o mundo tão melhor, por me fazer forte e me desculpe filha se às vezes eu choro por achar que eu estou muito gordinha e por reclamar quando vejo que as minhas roupas não me servem mais, não choro por você está crescendo aqui dentro, é que as alterações hormonais são mais fortes que eu. Quando eu penso só em você eu sei que tudo fica mais bonito, a mamãe é chorona mesmo, não ligue.
Filha, eu durmo e acordo todos os dias cercada de novos sentidos. Enquanto você não chega eu passo horas a namorar suas roupas e sapatinhos e a preparar o mundo aqui para a sua chegada. Lis, você ainda nem chegou, mas o papai e a mamãe te amam tanto. Eu sei que você não vai se lembrar, mas eu queria que você soubesse que nós passamos muitas noites cantando pra você e sorrindo ao sentir seus movimentos enquanto tentávamos descobrir qual era a parte do seu corpinho que se mexia. Nós ficamos ansiosos por cada consulta ao médico e nosso coração mudava de ritmo toda vez que nós escutamos o seu coração bater. Nossos olhos enchem de água toda vez que vemos um brinquedinho, nós nos olhamos e sorrimos toda vez que vemos um bebê na rua e sempre nos perguntamos como você vai ser. Ficamos fazendo mil suposições sobre a cor dos seus olhos, dos seus cabelos e se você vai gostar de andar de skate ou de dançar balé. Nós ficamos bobos, completamente derretidos, transbordando de amor.

Não sei o que você vai ser quando crescer, nem podemos planejar a sua vida por você, mas posso garantir que você poderá sempre contar com o nosso amor e com o nosso apoio. Minha pequena florzinha que está chegando ao mundo… Venha fazer os nossos dias mais belos e suaves, transformando todo instante em único.

Anúncios

Os números de 2011

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2011 deste blog.

Aqui está um resumo:

Um bonde de São Francisco leva 60 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 1.700 vezes em 2011. Se fosse um bonde, eram precisas 28 viagens para as transportar.

Clique aqui para ver o relatório completo